romaine-carelli-arquivo-de-receitas.jpg

RECEITAS

  • romainecarelli

Baião de Dois

Atualizado: Ago 30


Baião de dois é um prato de origem cearense, típico da região Nordeste e partes da região Norte do Brasil.

É um prato muito apreciado preparado com arroz e feijão, a preferência é o feijão verde ou de corda.

Costuma-se adicionar queijo coalho, e aquele finalizada com manteiga de garrafa.

No Ceará eles não colocam carne seca, já na Paraíba e em Pernambuco existe um prato que é uma variante do Baião de Dois que se chama Rubacão.


A origem do nome "baião de dois" tem relação com o Baião, dança típica do Nordeste do Brasil, o “de dois” é uma referência a combinação arroz e feijão, que é a base do prato.

Mas quando você adiciona outros complementos, como costelinha defumada, carne seca ou outras carnes, deveríamos chamar de Baião de 3, 4, 5 e assim por diante.... Mas pra facilitar é tudo Baião de Dois.

O termo ganhou popularidade por causa da música Baião de Dois, parceria do compositor cearense Humberto Teixeira com o maravilhoso "Rei do Baião", o pernambucano Luiz Gonzaga.

A origem cearense da iguaria é atestada pelo folclorista Câmara Cascudo, tendo como referência a obra de Gustavo Barroso.

O baião, por ser uma mistura de dois elementos da cozinha brasileira apreciados e de fácil acesso, o arroz e o feijão, é muito comum em áreas rurais.

É possível perceber que ele é feito principalmente à noite para que seja aproveitado o restante do feijão cozido durante o dia.


Vamos lá pra Receita?


INGREDIENTES

50 ml de azeite

30 ml de manteiga de garrafa

100 g Toucinho defumado

½ kg de Carne de sol dessalgada em cubinhos

130 g Cebola brunoise

4 dentes de alho picado

250 g de feijão verde cozido na água e sal

130 g de arroz branco cozido

100 g de queijo coalho

½ maço de coentro picado

Quanto baste de sal


PREPARO:


1. Leve uma panela ao fogo com o azeite e a manteiga de garrafa.

2. Refogue o toucinho, deixando-o bem dourado.

3. Em seguida, coloque a carne de sol, fritando bem.

4. Acrescente a cebola e o alho, sem parar de mexer.

5. Adicione o feijão, misturando bem.

6. Acrescente o arroz e misture muito bem.

7. Prove o sal e corrija se necessário.

8. Rale o queijo coalho e jogue por cima do baião, tampando de novo.

9. Deixe no fogo até derreter. Ou frite em cubinhos, gosto mais assim, fritinho

10. Na hora de servir, coloque o coentro por cima.




29 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Vatapá